Fêmea da cochonilha branca ou da raiz

27 de agosto de 2017

Ver ampliada

Fêmea da cochonilha Planococcus citri (Risso, 1813) (Hemiptera: Pseudococcidae) em folha de laranjeira, Teresópolis, Porto Alegre, RS.

Fêmea da cochonilha Planococcus citri  (Risso, 1813) (Hemiptera: Pseudococcidae), tem forma oval, corpo plano, sem asas, 1,6-3,2 mm de comprimento e 1,2-2,0 mm de largura. Apresenta o corpo coberto por uma secreção de coloração branca e pulverulenta, com vários apêndices. Espécime sobre folha de laranjeira apresentando manchas escuras, sintomas da falsa ferrugem, causada pelo ácaro Phyllocoptruta oleivora, Teresópolis, Porto Alegre, RS.

Estes insetos sugam a seiva, a planta definha, podendo, em alguns casos, morrer. Expelem um líquido açucarado que atrai formigas e provoca o aparecimento de fumagina, que bloqueia o sol e, consequentemente, a fotossíntese.

Eng. Agr. PhD Valmir Duarte, CREA-RS 029.404 (RN 220408306-2), Professor Titular de Fitopatologista (UFRGS, aposentado), valmir@agronomicabr.com.br