Publicações

Filipinas: Um dos destinos das sementes de milho produzidas no Brasil

17 de janeiro de 2022

O Brasil produz e exporta sementes de milho para vários países. Cada país tem suas exigências fitossanitárias particulares, pois as pragas têm distribuição heterogênea. A análsie de uma praga inexistente no Brasil não pode ser exigida por um país importador (regras do livre comércio).

Para ilustrar a atuação do Laboratório Agronômica, 116 amostras de sementes de milho foram recebidas na semana passada com requisito de análise fitossantária exigido para a exportação para as Filipinas. As análises para exportação precisam ser oficiais, pois os resulados são usados para emissão do certificado fitossanitário pelos auditores fiscais federais agropecuários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O Laboratório Agronômica é credenciado pelo MAPA desde março de 2006, mantendo seu credenciamento até hoje por atender todos os requisitos durante os seus quase 16 anos de existência, incluindo a ISO 17025 (ser competente e garantir resultados válidos, mediante auditoria do Inmetro).

Os requisitos da Organização Nacional de Proteção Fitossanitária (ONPF) das Filipinas incluem ausência de partículas de solo, Cochliobolus carbonum (fungo), inseto(s), Maize chlorotic mottle virus (=Maize mottle virus), Pseudomonas syringae pv. coronafaciens (bactéria), Pseudomonas syringae pv. syringae (bactéria) e sementes de plantas invasoras (ervas daninhas). A análise de sementes de milho exige métodos validados, equipamentos, infraestrutura e pessoal qualificado. O Agronômica tem profissionais em todas as áreas (acarologia, bacteriologia, entomologia, herbologia, micologia, nematologia, virologia) necessários para atender os requisitos fitossanitários. Muitas técnicas exigem especialistas em áreas afins, como é o caso das técnicas moleculares (DNA, RNA). 

Os desafios para os exportadores de sementes são muitos e variados. Os do Agronômica também! Temos ciência que somente a coragem, a criatividade, investimentos e a vocação nos manterão fazendo o que amamos!