Publicações

Casal de bacuraus em telhado

11 de junho de 2014

Ver ampliada

Bacurau-da-telha

Ver ampliada

Bacurau-da-telha

Ver ampliada

Bacurau-da-telha

Ver ampliada

Bacurau-da-telha

Ver ampliada

Bacurau-da-telha

Nos últimos dias (Junho 2014) , um "casal" de bacurau-da-telha (Caprimulgus longirostris) tem sido visto no telhado do Agronômica. Talvez pela baixa temperatura (11-13 C), os visitantes ficam imóveis até o sol começar aquecer o dia. Depois, somem.
O bacurau-da-telha é uma espécie de bacurau que habita da região dos Andes até à Bolívia, Chile, Sul da Argentina e Sudeste do Brasil. Tais aves chegam a medir até 23 cm de comprimento, possuindo coloração escura, com larga faixa branca nas primárias, e manchas brancas nas retrizes externas e na orla da asa. Também são conhecidas pelos nomes de bacurau-de-rabo-branco, bacurau-rupestre, morcegão e pai-avô.
O bacurau é uma ave muito confundida com coruja, por sua aparência. Mede cerca de 30 centímetros de comprimento. Sai para se alimentar à noite e captura insetos em vôo. É uma ave que vive no chão. Só é vista durante o dia  se espantado. 
Nestas ocasiões, voa curtas distâncias e  procura se camuflar em meio as folhagens. 
Interessante que existem outros relatos deste pássaro nos bairros Jardim Itu-Sabará e Humaitá, Porto Alegre, RS.