Publicações

Agronômica participará de workshop em York, Grã-Bretanha

11 de fevereiro de 2014

Ver ampliada

EPPO Workshop on Accreditation for plant pest diagnostic laboratories

Ver ampliada

EPPO Workshop on Accreditation for plant pest diagnostic laboratories

Os diretores do Agronômica, engenheiros agrônomos Patrícia de Souza Teló e Valmir Duarte, participarão de workshop organizado pela EPPO (The European and Mediterranean Plant Protection Organization), sobre acreditação e garantia de qualidade para laboratórios de diagnóstico de pragas de plantas (Workshop on accreditation and quality assurance for laboratories), que acontecerá de 18 a 20 de fevereiro próximo, em York (Grã-Bretanha), na Agência de Investigação Alimentar e Meio Ambiente (FERA). Este workshop é o terceiro organizado pela EPPO sobre este tema, sendo que os outros dois foram em 2007 e 2009.
O Agronômica fará uma apresentação oral às 13h45 do primeiro dia, de 15 min e 5 min para responder perguntas, na Sessão 2, "Experiências de laboratórios com a implantação da acreditação", intitulada "Vantagens/desvantagens de um laboratório privado para implantar um sistema de qualidade: uma experiência brasileira" (Advantages/disadvantages of a private laboratory to meet the quality system: a Brazilian experience). Embora o Agronômica ainda não esteja acreditado, a meta é iniciar o processo junto ao Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) até julho de 2014. Veja detalhes no "Rascunho do Programa", abaixo, em anexo.
A EPPO é uma organização intergovernamental responsável pela cooperação europeia na área da saúde de plantas. Fundada em 1951 por 15 países europeus, a EPPO agora tem 50 membros, cobrindo quase todos os países da região europeia e mediterrânea. Seus objetivos são proteger as plantas, para desenvolver estratégias internacionais contra a introdução e disseminação de pragas perigosas e promover métodos de controle eficazes e seguros. Como uma Organização Regional de Proteção Fitossanitária, a EPPO também participa de discussões globais sobre a saúde de plantas organizadas pela FAO e pela Secretaria da IPPC (The International Plant Protection Convention). Finalmente, a EPPO tem produzido um grande número de normas e publicações sobre pragas de plantas, regulamentos fitossanitários e produtos fitofarmacêuticos.
O Agronômica espera estabelecer relações com laboratórios de outros países e adquirir experiência internacional na gestão da qualidade.