Publicações

Identificação da Helicoverpa armigera (Reportagem Zero Hora)

27 de dezembro de 2013

Instituição de Porto Alegre é uma das três autorizadas a receber amostras do Ministério da Agricultura para confirmação da Helicoverpa armigera ... (ZH, Campo e Lavoura, 13 dez 2013).

VÍDEO: entenda como funciona o processo de identificação da Helicoverpa armigera (Zero Hora)

OBSERVAÇÃO: Interessados na identificação da praga Helicoverpa armigera devem enviar mariposas suspeitas.  O entomologista Biól. M. Sc. Vinícius Alves Ferreira examinará o material e verificará se são machos, pois a diferenciação somente pode ser feita pela comparação das genitálias. O prazo para o resultado é de até 7 (sete) dias úteis, dependendo mais da quantidade de material em análise, podendo ser abreviado.

O Agronômica está ajustando o método de identificação da H. armigera por análise do DNA (PCR) e pretende oferecer o serviço até o início de janeiro próximo. Utilizando este método, o inseto, em qualquer estádio, ou seja, mesmo lagartas, poderá ser identifcado. Interessados devem se cadastrar no site do Agronômica e fazer a solicitação. O laboratório obedecerá a ordem do pedido para atendimento através desta outra técnica. O aprimoramento inclui a possibilidade do interessado enviar apenas o suco da lagarta impresso num papel filtro, tipo filtro de café.

Maiores informações, ligue para nós (51-2131-6262).