Publicações

Detecção molecular quantitativa de Xanthomonas hortorum pv. carotae em sementes de cenoura antes e depois de tratamento com água quente

07 de novembro de 2013
O artigo intitulado "Detecção molecular quantitativa de Xanthomonas hortorum pv. carotae em sementes de cenoura antes e depois de tratamento com água quente" foi publicado na edição de dezembro de 2013, volume 97, número 12, páginas 1585-1592, do periódico Plant Disease.  
No artigo, os autores conseguiram detectar e quantificar DNA de células viáveis da bactéria na lavagem de sementes de cenoura tanto com PCR em tempo real TaqMan quanto com LAMP (loop-mediated isothermal amplification). A viabilidade das células foi testada com o corante PMA (Propidium MonoAzide), substância que não penetra através de membranas celulares intactas, ou seja, seletivamente penetra células com membranas comprometidas, o que permite discriminá-las.
Assim, após o tratamento com água à 52 °C por 25 min, X. hortorum pv. carotae foi eliminada tanto da superfície como do interior da semente, fato comprovado pelo teste PMA, qPCR e LAMP. 
Os autores concluíram que os testes moleculares (qPCR e LAMP) forneceram estimativa quantitativa da presença de X. hortorum pv. carotae em lotes de sementes de cenoura em menos de 24 h, o que é um progresso significativo sobre os sete e 14 dias requeridos para obter os resultados através do teste tradicional de diuição em placa.
Cabe ressaltar que o Agronômica tem a identificação desta bactéria dentro de seu escopo.
Eng. Agr. Valmir Duarte, Fitopatologista, CREA-RS 29.404 (RN 220408306-2), valmir@agronomicabr.com.br