Cochonilhas e antracnose em Pandanus racemosus

11 de outubro de 2018

Ver ampliada

Partes de plantas de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos causada por cochonilha e antracnose (Colletotrichum gloeosporioides). 

Partes de plantas de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos causada por cochonilha e antracnose (Colletotrichum gloeosporioides). A cor esbranquiçada nos ramos é cera produzida pela cochonilha Hemiberlesia lataniae, cochonilha-do-tronco.



Pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos causada por cochonilha e antracnose (Colletotrichum gloeosporioides). A cor esbranquiçada é cera produzida pela cochonilha Hemiberlesia lataniae, cochonilha-do-tronco.



Haste de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos, sintoma da doença antracnose, associada ao fungo Colletotrichum gloeosporioides).



Haste de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos, sintoma da doença antracnose, associada ao fungo Colletotrichum gloeosporioides).



Partes de planta de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz) com morte dos tecidos causada por cochonilha e antracnose (Colletotrichum gloeosporioides). 



Setas negras em acérvulos de Colletotrichum gloeosporioides, agente causal da antracnose em pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz). Presença de conídios, esporos do fungo, característicos.



Conídios de Colletotrichum gloeosporioides, agente causal da antracnose em pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz). 



Partes de plantas de pandano rasteiro (Pandanus racemosus Kurz (sin. P. pygmaeus, família Pandanaceae, nomes comuns: Dwarf Screwpine (em inglês); pándano enano (em espanhol)), protocolo 122761, oriundas do Rio de Janeiro, foram recebidas para diagnose de doenças. O resultado das análises indicou a presença de duas cochonilhas e um fungo. Aparentemente, o problema inicial foi a  cochonilha Hemiberlesia lataniae (Hemiptera: Diaspididae), associada a resíduos brancos, cera (fotos) nas regiões apicais dos ramos. Adultos mortos de Planococcus minor (Coleoptera: Pseudococcidae) também foram encontrados e certamente também se alimentaram da planta. Postula-se que estes insetos sugadores facilitaram a ocorrência da antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides, provocando morte dos tecidos dos ramos e, consequentemente, das folhas. 

O manejo básico é eliminar plantas muito atacadas e com morte de ramos. O tratamento para controle químico da cochonilha e do fungo deve ser prescrito por engenheiro agrônomo.

Referências:

Alves, G.; Miranda, S. Hemiberlesia lataniae. defesavegetal.net. Disponível em: <http://www.defesavegetal.net/hebela>. Acesso em 11 out.2018.

Braga, C. Pandano rasteiro – Pandanus racemosus. Disponível em: <https://www.floresefolhagens.com.br/pandano-rasteiro-pandanus-racemosus/>. Acesso em 11 out.2018.

The Plant List. Pandanus racemosus Kurz. Disponível em: <http://www.theplantlist.org/tpl/record/kew-284817>. Acesso em 11 out.2018.

Wikipedia. Pandanus. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Pandanus>. Acesso em 11 out.2018.

*******

How to cite: Dalbosco, M.; Gomes, P. S. C. F.; Ferreira, V. A. Cochonilhas e antracnose em Pandanus racemosus. Agriporticus. Disponível em: http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=791. Acesso em: 11 out.2018. (Atualize a data de acesso)