Genomics in Ecology and Evolution: an introduction to the RAD-Seq methodology

24/08/2018


Turma de participantes do Curso sobre Rad-Seq em frente ao Pavilhão Mourisco, ou simplesmente Castelo, como também é conhecido o prédio-símbolo da Fiocruz. M: Maximilian Driller; C: Camila Mazzoni; L: Luiz Guilherme Bauzer

O Eng. Agr. Valmir Duarte, um dos diretores do Agronômica, participou do Curso internacional sobre sequenciamento de DNA, de 20 a 24 de agosto de 2018, na FIOCRUZ. Participaram estudantes de pós-graduação e pesquisadores que atuam nas áreas de biologia molecular e análise de sequências de DNA. A sub-representação do genoma pode ser aplicada a uma ampla diversidade de estudos, da evolução à biodiversidade. A técnica conhecida como RAD-Seq (Restriction site Associated DNA sequencing, no inglês) permite a fragmentação e o sequenciamento de volumes menores de DNA. O método, que apresenta menor custo em relação ao sequenciamento de genomas inteiros, foi tema do curso internacional, minsitrado em inglês.

As atividades aconteceram no campus da Fiocruz, no Rio de Janeiro (Av. Brasil, 4.365, Manguinhos). A realização contou com o apoio do Programa de Pós-graduação Stricto sensu em Biodiversidade e Saúde do IOC e da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação da Fiocruz. O pesquisador Luiz Guilherme Bauzer, do Laboratório de Fisiologia e Controle de Artrópodes Vetores do IOC, coordenou a iniciativa. Dezesseis dos 60 candidatos foram selecionados para participar do evento.

A utilização de RAD-Seq engloba o uso de técnicas laboratoriais moleculares, sequenciamento em larga escala (high-throughput sequencing) e ferramentas de bioinformática.

A capacitação contou com a presença dos pesquisadores Camila Mazzoni e Maximilian Driller do Leibniz Institute for Zoo and Wildlife Research (IZW) e do Berlin Center for Genomics in Biodiversity Research (BeGenDiv), Belin, Alemanha.


Veja mais notícias