Material de Referência Interno: 91 novos exemplares

05/09/2019


Gislaine (Gestão da Qualidade), Valmir, Dra. Rosinha, Priscila (Herbologia), Jéssica (Herbologia) e Patrícia




A Dra. Rosinha Maria Peroni Mesquita, profissional de notório saber, Responsável Técnica pelo Laboratório de Análises de Sementes do Lanagro/RS de 1994 a 2013, esteve no Agronômica nos dias 3 e 4 de setembro de 2019, terça e quarta-feira, realizando a certificação de sementes de plantas invasoras para ser utilizado como Material de Referência Interno (MRI).  
A Eng. Agr. M.Sc. Priscila Silva da Costa Ferreira Gomes, responsável pelo Setor de Herbologia do Agronômica, e a Adm. Gislaine Farina, gerente da Qualidade, acompanharam a Dra. Rosinha. No final dos dois dias, foram acrescidos 91 exemplares à Sementoteca do Agronômica, sendo 38 sementes de novas espécies incorporadas como certificadas e reconhecidas na coleção de MRI.
No total, somando com o material que já tínhamos, o Laboratório conta hoje com 294 exemplares de 203 diferentes espécies de sementes.
Segundo o ABNT ISO Guia 30:2016, Material de Referência é um material suficientemente homogêneo e estável com respeito a uma ou mais propriedades especificadas, que foi estabelecido como sendo adequado para o seu uso pretendido em um processo de medição. Material de Referência Certificado (MRC) é um material de referência (MR) caracterizado por um procedimento metrologicamente válido para uma ou mais propriedades especificadas, acompanhado de um certificado que fornece o valor de propriedade especificada, sua incerteza associada e uma declaração de rastreabilidade metrológica. 
Devido à dificuldade de encontrar MR e MRC disponíveis no mercado para a área de atuação do Agronônica, a empresa adota como estratégia, desenvolver seus próprios materiais de referência, também conhecidos como MRI (Materiais de Referência Internos), porém, para a caracterização de uma semente invasora como MRI, o Agronômica estabeleceu que a mesma deve ter sua determinação confirmada por um profissional de notório saber, nesse contexto, inserimos a importância da parceria com a Dra. Rosinha. 
Materiais de referência (MR) e materiais de referência certificados (MRC) são as bases para verificação da exatidão das determinações taxonômicas e visam garantir a sua confiabilidade.
As sementes certificadas são utilizadas na rotina do laboratório como comparativo com os materiais interceptados nas amostras. Forma, tamanho, coloração, estruturas aderentes, textura e pilosidade, são algumas das características que são observadas nas sementes. Além da utilização das referências bibliográficas, a visualização sob lupa diretamente dos exemplares certificados, serve para comprovar e dar mais credibilidade às identificações.

 


Veja mais notícias