Molecular techniques for characterising mite and tick communities

01/08/2019


Participantes do curso em Montpellier, França: Na frente, da esquerda para direita: Amel Chatti (Tunísia), Helena (França), Maria Cristina V. Queiroz (Brasil); Dra. Marie-Stéphane Tixier (Professora - Montpellier); Joseane M. do Nascimento (Brasil); Haseena Bhaskar (Índia); Rosely S. Pereira (Brasil); Liana Johann (Brasil) e Arnon Tabic (Israel). Atrás da esquerda para direita: Johan Witters (Bélgica); Marla M. Marchetti (Agronômica, Brasil); Enrico de Lillo (Itália); Gabriel Otero Colina (México) e Martial Douin (França).


Aula de vídeo-conferência com Dr. Michael Gbric: Introdução à transcriptoma, no SupAGRO, Montpellier, França.


Técnica de extração do DNA de ácaros Phytoseiulus longipes (Acari: Phytoseiidae). Prática no laboratório de técnicas moleculares no SupAGRO, Montpellier, França.


Processo de centrifugação, parte do protocolo de extração de DNA.


Processo de incubação em banho-maria, parte do protocolo de extração de DNA.


Reagentes utilizados e preparação da PCR (Reação em Cadeia da Polimerase) para amplificação de fragmentos do DNA extraído. Prática no laboratório de técnicas moleculares no SupAGRO, Montpellier, França.





Visualização do gel de agarose elaborado pelos grupos, para identificação dos fragmentos amplificados, corado com fluorescência e observado em transluminador. Prática no laboratório de técnicas moleculares no SupAGRO, Montpellier, França.





Programação do curso: “Técnicas moleculares para caracterizar comunidades de ácaros e carrapatos: aspectos aplicados”. SupAGRO, Montpellier, França.

A Biól. Dra. Marla Marchetti, Analista de Acarologia/Entomologia do Agronômica na Unidade São Borja, participou do Curso “Molecular techniques for characterising mite and tick communities: applied aspects” que ocorreu no Montpellier SupAgro, Campus de La Gaillarde, Montpellier, França, no período de 08 a 12 de julho de 2019.
 
O conteúdo do curso envolveu conhecimentos sobre técnicas moleculares e suas aplicações na identificação de espécies, em estudos de genética de populações, além de interpretações e análises de resultados moleculares. Além das aulas teóricas e práticas, os participantes do curso conheceram um pouco da estrutura da instituição (laboratório de técnicas moleculares, área de Acarologia e Entomologia, salas de criação de ácaros e insetos, entre outras áreas afins). O evento reuniu 12 profissionais de países como Bélgica, Brasil, França, Índia, Israel, Itália, México e Tunísia.
 
Segundo a Dra. Marla Marchetti, “Participar do evento permitiu perceber a importância de ir além do conhecimento rotineiro, de sair da zona de conforto e buscar novos conhecimentos através da interação com outras áreas. Pude ter acesso a muita informação que contribuiu para o meu desenvolvimento profissional e pessoal, hoje me sinto ainda mais preparada para o futuro. Além do conhecimento adquirido, a participação no curso permitiu a ampliação da minha rede de contatos com profissionais de diferentes áreas e países.”.
 
O Agronômica apoia e incentiva esse tipo de iniciativa para capacitação dos seus colaboradores.


Veja mais notícias