A nematode that feeds on bacteria!
07/10/2020

Ver ampliada



Espécimes de Acrobeles sp. (Rhabditida: Cephalobidae) foram encontrados em solo cultivado com aveia preta (Avena strigosa) coletado em Silveira Martins, RS, submetido ao laboratório em setembro de 2020.  Este nematoide é bacteriófago (alimenta-se de bactérias), exuberante, possui setas labiais (probolas labiais), que o orientam na movimentação e na alimentação de células bacterianas presentes na solução do solo.

Acrobeles spp. são nematoides relativamente pequenos, nunca ultrapassando 1 mm de comprimento, facilmente reconhecidos - mesmo com uma ampliação baixa - pelas protuberâncias características em sua cabeça. Os machos são bastante comuns. Acrobeles spp. se alimentam de bactérias; as protuberâncias na extremidade anterior podem ser usadas para raspar bactérias dos grãos de areia, embora as setas labiais não possam se mover independentemente. Outra teoria é que as setas labiais são usadas para filtrar a água e que as partículas são capturadas pelos frutos. Acrobeles spp. são restritos a solos arenosos; em solos argilosos com partículas muito menores, as setas labiais parecem ser menos funcionais (Acrobeles 2012).

As características que separam Seleborca e Acrobeles, conforme descrito por Andrassy (1985), são (Nemaplex, 2020):

(1) Cutícula dupla, camada externa mais fina e camada interna mais espessa, fortemente anulada em Seleborca; cutícula única em Acrobeles.

(2) Estrutura da cutícula em Seleborca simples, raramente pontuada, nunca dividida em blocos por estrias longitudinais. Cutícula em Acrobeles frequentemente ornamentada, simples ou raramente dividida em blocos por linhas longitudinais.

(3) Campo lateral em Seleborca com quatro incisuras, duas linhas externas simples e duas linhas internas onduladas onduladas; nas Acrobeles há duas ou três incisuras, as linhas externas simples ou ligeiramente crenadas.

As estruturas da cabeça e outros caracteres morfológicos são semelhantes em ambos os gêneros.

As espécies de Acrobeles são atualmente (2019) consideradas separadas em dois grupos: o "Grupo Complexus" com cutícula dupla e o "Grupo Ciliatus" com cutícula única (Abolafia et al., 2019).

Referências

Abolafia, J.; Peña-Santiago, R. et al. 2003. Nematodes of the order Rhabditida from Andalucía Oriental, Spain. The genus Acrobeles von Linstow, 1877 with description of A. andalusicus sp. n. and a key to species. J. Nematode Morphol. System. 6:103–128 Available at: https://www.cabdirect.org/cabdirect/abstract/20043160002.

Abolafia, J.; E. Shokoohi; G. Du Preez; H. Fourie. 2019. Description of Acrobeles aenigmaticus sp. n. (Rhabditida: Cephalobidae), an unusual species with a poorly developed vulva, from the Kalahari Desert (Ngamiland, Botswana). Nematology 21:319-332.

Acrobeles. 2012. Available at: https://www.wur.nl/en/Research-Results/Chair-groups/Plant-Sciences/Laboratory-of-Nematology/Nematode-in-the-picture/Nematode-Pictures/Acrobeles.htm [Accessed October 7, 2020].

Nemaplex. Acrobeles. Available at: http://nemaplex.ucdavis.edu/Taxadata/G264.aspx [Accessed October 7, 2020].

Shokoohi, E.; Abolafia, J.; Zad, J. 2007. Nematodes of the order Rhabditida from Tehran province, Iran. The genus Acrobeles von Linstow, 1877 with description of A. iranicus sp. n. Nematology. 9:459–481 Available at: https://brill.com/view/journals/nemy/9/4/article-p459_2.xml [Accessed October 7, 2020].

*******

How to cite: Coutinho, R. R. A nematode that feeds on bacteria! Agriporticus. Disponível em: http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=922. Acesso em: 07 out.2020. (Atualize a data de acesso.)

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é uma iniciativa do Agronômica visando compartilhar os registros de ocorrências de pragas e doenças, disponibilizando imagens que auxiliem o seu reconhecimento por extensionistas e agricultores no campo.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br