Avocado Branch Cankers Associated with Botryosphaeriaceae Species in Cáqueza, Colombia
01/04/2021

Ver ampliada

Figura 1. Cancros em ramo jovem de abacateiro associado a fungo da família Botryosphaeriaceae. 


Ver ampliada

Figura 2. Ramos jovens de abacateiro apresentando exsudação de açúcares, os quais se tornam de uma cor esbranquiçada quando secos. Sintoma do ataque de fungos da família Botryosphaeriaceae. 



Cancro em ramos e caule de abacateiro (Persea americana Mill.) registrado em Cáqueza, Colômbia, com sintomas correspondentes àqueles atribuídos na bibliografia como causados por fungos da família Botryosphaeriaceae.

A família Botryosphaeriaceae abrange uma ampla variedade de fungos ascomicetos, morfologicamente muito semelhantes. A família apresenta espécies fitopatogênicas, endófitas ou saprófitas, principalmente em hospedeiros lenhosos. Sua distribuição e cosmopolita, com exceção das regiões polares (Phillips et al. 2013). As seguintes seis espécies foram identificadas associadas a cancros em ramos de abacateiro na Califórnia: Neofusicoccum australe, N. luteum, N. parvum, Neofusicoccum sp. desconhecido, Fusicoccum aesculi e Dothiorella iberica (McDonald & Eskalen, 2011).

Ao infectar uma árvore estes fungos podem induzir três sintomas:

Morte progressiva, morte descendente ou necrose descendente dos ramos;

Cancros nos ramos;

Podridão do fruto ou do pedúnculo. 

Os principais gêneros relacionados a doenças em hospedeiros lenhosos são: Barriopsis, Botryosphaeria, Diplodia, Dothiorella, Lasiodiplodia e Neofusicoccum (ICIA, 2017; Valencia et al., 2019).

No Brasil, há registro de ocorrência em mamoeiro em plantações da Bahia provocando a morte do caule causada por cinco diferentes espécies de Lasiodiplodia (Michereff, 2013). A mangueira também é afetada, provocando morte descendente e do caule, especialmente em plantações no Nordeste, os sintomas têm sido atribuídos a espécies dos gêneros Botryosphaeria, Lasiodiplodia e Neofusicoccum (Costa et al., 2010; Michereff, 2013). Entretanto, duas espécies do gênero Lasiodiplodia e uma do gênero Neoscytalidium foram relacionadas à podridão da raiz preta da mandioca (Machado et al., 2014).

Em outros países, a família tem sido registrada atacando Acácia e Pinus na Venezuela (Úrbez-Torres et al. 2016), abacateiro no Chile e Espanha (ICIA, 2017; Valencia et al., 2019), videira e mangueira na Austrália (Burgess et al., 2018), Eucalipto na Sudáfrica (Pavlic-Zupanc et al., 2017) e Pistache nos Estados Unidos (Chen, Morgan & Michailides, 2014), entre outros. 

Literatura consultada

Burgess, T.I., Tan, Y.P., Garnas, J., Edwards, J., Scarlett, K.A., Shuttleworth, L.A., Daniel, R., Dann, E.K., Parkinson, L.E., Dinh, Q., Shivas, R.G., Jami, F. 2018. Currents status of Botryosphaeriaceae in Australia. Australian Plant Pathology 48: 35-44. 

Chen, S.F., Morgan, D.P., Michailides, T.J. 2014. Botryosphaeriaceae and Diaporthaceae associated with panicle and shoot blight of pistachio in California, USA. Fungal Diversity 67: 157-179.  

Costa, V. S.O., Michereff, S.J., Martins, R.B., Gava, C.A.T., Mizubuti, E.S.G., Camara., M.P.S. 2010. Species of Botryosphaeriaceae associated on mango in Brazil. European Journal of Plant Pathology 127: 509-519. 

Eskalen, A.; Faber, B. & Bianchi, M. 2013. Spore Trapping and Pathogenicity of Fungi in the Botryosphaeriaceae and Diaporthaceae Associated with Avocado Branch Canker in California. Plant Disease. 97:329–332 Disponível em: http://dx.doi.org/10.1094/pdis-03-12-0260-re.

Instituto Canario de Investigaciones Agrarias-ICIA. 2017.  Enfermedades del Aguacate causadas por especies de hongos de la familia Botryosphaeriaceae. Disponível em: https://www.icia.es/icia/download/publicaciones/Botryosphaeriaceae.pdf

Machado, A.R., Pinho, D.B., de Oliveira, S.A.S., Pereira, O. 2014. New occurrences of Botryosphaeriaceae causing black root rot cassava in Brazil. Tropical Plant Pathology 39(6): 464-470. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-56762014000600008

McDonald, V. & Eskalen, A. 2011. Botryosphaeriaceae Species Associated with Avocado Branch Cankers in California. Plant Dis. 95:1465–1473 Disponível em: http://dx.doi.org/10.1094/PDIS-02-11-0136.

McDonald, V.; Lynch, S. & Eskalen, A. 2009. First Report of Neofusicoccum australe, N. luteum, and N. parvum Associated With Avocado Branch Canker in California. Plant Dis. 93:967 Disponível em: http://dx.doi.org/10.1094/PDIS-93-9-0967B.

Michereff, S.J. 2013. Etiología y Epidemiología de las especies (basado en el análisis filogenético) de Colletotrichum y Botryosphaeriaceae de papaya y mango. Revista Mexicana de Fitopatología 31(suplemento): S2-S3. 

Pavlic-Zupanc, D., Maleme, H.M., Piskur, B., Wingfield, B.D., Wingfield, M.J., Slippers, B. 2017. Diversity, phylogeny and pathogenicity of Botryosphaeriaceae on non-native Eucalyptus grown in an urban environment: A case study. Urban Forestry & Urban Greening 26:139-148.

Phillips, A.J.L., Alves, A., Abdollahzadeh, J., Slippers, B., Wingfield, M.J., Groenewald, J.Z. Crous, P.W. 2013. The Botryosphaeriaceae: Genera and species known from culture. Studies in Mycology 76: 51-167. Disponível em: https://www.studiesinmycology.org/sim/Sim76/3_The%20Botryosphaeriaceae-%20genera%20and%20species%20known%20from%20culture.pdf

Úrbes-Torres, J.R., Castro-Medina, F., Mohali, S.R., Gubler, W.D. Botryosphaeriaceae species associated with canker and dieback symptons of Acacia mangium and Pinus caribea var. hondurensis in Venezuela. Plant Disease 2016. Disponivel em: https://apsjournals.apsnet.org/doi/10.1094/PDIS-05-16-0612-RE

Valencia, A. L., Gil, P.M., Latorre, B.A., Rosales, I.M. 2019. Characterization and pathogenicity of Botryosphaeriaceae species obtained from avocado trees with branch canker and dieback and from avocado fruit with stem end rot in Chile. Plant Diseace 103: 996-1005.  

*******

How to cite: Rodríguez-Cruz, Fredy Alexander. Avocado Branch Cankers Associated with Botryosphaeriaceae Species in Cáqueza, Colombia. Agriporticus. Disponível em: http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=971. Acesso em: 01.abr.2021 (Atualize a data de acesso.)

Observação: O Dr. Fredy Alexander Rodríguez Cruz é Doutor em Entomologia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Viçosa, MG, e atualmente Professor na Universidad de la Salle, Kilometro 12 via Matepantano, Yopal, Colombia. O Dr. Fredy trabalhou no Agronômica e está contribuindo conosco na publicação de ocorrência de pragas.

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é uma iniciativa do Agronômica visando compartilhar os registros de ocorrências de pragas e doenças, disponibilizando imagens que auxiliem o seu reconhecimento por extensionistas e agricultores no campo.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br