Podridão carpelar em maçãs oriundas da Argentina
24/09/2019

Ver ampliada

Maçã importada da Argentina, examinada em São Borja, RS, diagnosticada com podridão carpelar, doença causada por diversas espécies de fungos e sem restrição fitossanitária, visto que ocorrem onde a macieira é cultivada no mundo (setembro 2019). Foto: Marla Maria Marchetti


Ver ampliada

Fruto aquirido no mercado local de Porto Alegre, RS, com podridão carpelar, causada pelo fungo Cladosporium herbarum.


Ver ampliada

Fruto aquirido no mercado local de Porto Alegre, RS, com podridão carpelar, causada pelo fungo Cladosporium herbarum.


Ver ampliada

Fruto aquirido no mercado local de Porto Alegre, RS, com podridão carpelar, causada pelo fungo Cladosporium herbarum.


Ver ampliada

Cadeias de conídios e hifas do fungo Cladosporium herbarum, presentes nos tecidos do fruto com podridão carpelar.


Ver ampliada

Cadeias de conídios e hifas do fungo Cladosporium herbarum, presentes nos tecidos do fruto com podridão carpelar.


Ver ampliada

Cadeias de conídios e hifas do fungo Cladosporium herbarum, presentes nos tecidos do fruto com podridão carpelar.



Maçãs importadas da Argentina, examinadas em São Borja, RS, foram diagnosticadas com podridão carpelar, doença causada por diversas espécies de fungos e sem restrição fitossanitária, visto que ocorrem onde a macieira é cultivada no mundo (setembro 2019).

A podridão carpelar (moldy core) é uma doença caracterizada pela formação de micélios de coloração preta ou cinza, dependendo do agente causal, ocupando todos os espaços vazios, sobre as sementes e paredes dos carpelos, na região das lojas carpelares. Os sintomas não são visíveis externamente, somente são observados quando se corta o fruto. Essa doença pode ser causada por uma série de fungos, dos quais os mais frequentemente isolados são Alternaria alternata (Fr.) Keissler e Cladosporium herbarum (Pers.) Link.

Espécies de Alternaria, Fusarium, Gliocladium, Phoma, Colletotrichum, Pestalotia e Cladosporium foram as mais encontradas em frutos oriundos de pomares de Vacaria, RS (Kretzschmar, 2004).

A podridão carpelar causa problemas em cultivares que têm o receptáculo floral que se estende do cálice até a região central. As estratégias de manejo não são consistentes; no entanto, fungicidas durante a floração e práticas culturais podem ajudar a reduzir a infecção de fungos. A colonização da flor ocorre assim que as flores se abrem.

Referências:

Kretzschmar, A. A. Fatores associados à podridão carpelar em maçã "Fuji" no Brasil. 2004. 133 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Agronomia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

Peter, K. A. Moldy Core Of Apple. PennState Extension. Disponível em: <https://extension.psu.edu/moldy-core-of-apple>. Acesso em: 24 set.2019.

Silveira, F. N.; Kretzschmar, A. A.; Rufato, L.; Bogo, A.; Fioravanço, J. C. Relação entre características morfológicas de frutos e incidência de podridão carpelar em clones de macieira ‘Gala’ e ‘Fuji’ sobre diferentes porta-enxertos. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal - SP, v. 35, n. 1, p. 075-085, Março 2013. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452013000100010>. Acesso em: 24 set.2019.

*******

How to cite: Marchetti, M. M.; Gomes, L. B.; Duarte, V. Podridão carpelar em maçãs oriundas da Argentina. Agriporticus. Disponível em: <http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=876>. Acesso em: 24 set.2019. (Atualize a data de acesso.)

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br