Sintoma de deficiência de boro em tangerina Piemonte
14/09/2019

Ver ampliada



Folha de tangerineira Piemonte com sintoma de deficiência de boro, Cacoal, Rondônia (Teixeirão, 11°22'50.3"S 61°20'07.4"W), observada no dia 12 de setembro de 2019.

As folhas de plantas com deficiência tornam-se menores, com ondulações no limbo e nervuras salientes, muitas vezes corticosas, como as da foto, em casos mais severos. Plantas deficientes em boro apresentam desenvolvimento reduzido e, às vezes, ressecamento das extremidades.

Referências:

Bueno, N.; Gasparotto, L. 1999. Sintomas de deficiências nutricionais em citros. CIRCULAR TÉCNICA, 6. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa Amazônia Ocidental, Ministério da Agricultura e do Abastecimento. ISSN 1517-2449. Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/670562/1/CircTec061999.pdf>. Acesso em: 16 set.2019.

Dechen, A. R.; Camargo e Castro, P. R.; Nachtigall, G. R. Pragas e doenças em citros: Fisiologia e nutrição mineral. Técnicas adequadas de nutrição e fisiologia aumentam a produtividade; Paranavaí, PR, 1999. Disponível em: <https://www.esalq.usp.br/visaoagricola/sites/default/files/va02-praticas-associadas01.pdf>. Acesso em: 16 set.2019.

*******

How to cite: Duarte, V. Sintoma de deficiência de boro em tangerina Piemonte. Agriporticus. Disponível em: <http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=872>. Acesso em: 14 set.2019. (Atualize a data de acesso.)

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br