Coró-das-pastagens
28/02/2019

Ver ampliada

Adulto macho de espécime de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae) encontrado em Porto Alegre, RS. 


Ver ampliada

Detalhe do prolongamento do dorso da cabeça presente nos machos de espécime de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae) encontrado em Porto Alegre,RS.


Ver ampliada

Visão frontal de espécime de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae) encontrado em Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Final do élitro de espécime de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae) encontrado em Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Espécime macho de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae), em papel milimetrado, encontrado em Porto Alegre, RS. Adulto é um besouro de coloração marrom-escura com aproximadamente 2,5 cm de comprimento por 1,3 cm de largura. 


Ver ampliada

Visão dorsal de espécime de Diloboderus abderus (Sturm, 1826) (Coleoptera: Scarabaeidae) encontrado em Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Erupção de terra em gramado, 09 jun 2018, outono, provocada por larvas do coró, Teresópolis, Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Erupção de terra em gramado, 09 jun 2018, outono, provocada por larvas do coró, Teresópolis, Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Erupção de terra em gramado, 09 jun 2018, outono, provocada por larvas do coró, Teresópolis, Porto Alegre, RS.


Ver ampliada

Erupções de terra em gramado, 09 jun 2018, outono, provocada por larvas do coró, Teresópolis, Porto Alegre, RS.



Adulto macho de Diloboderus abderus (Coleoptera: Scarabaeidae), ca. 2 cm, encontrado no Bairro Partenon, Porto Alegre, RS, em 10 de jan 2019. Vulgarmente chamado de coró-das-pastagens, essa espécie de escarabeídeo polífago é conhecida por atacar sementes, raízes, plântulas ou plantas em pastagens naturais ou artificiais, gramados, cultivo de lavoura, hortaliça e forrageiras (Silva et al., 1968; Morey & Alzugaray, 1982; Alvarado, 1983). Tendo sua ocorrência associada ao sistema de plantio direto (Silva & Salvadori, 2004), sendo citado como praga de pastagens e cereais de inverno, desde os anos 50 (Costa, 1958; Silva et al., 1968). Os danos acontecem principalmente durante o terceiro estádio larval (Silva & Salvadori, 2004). Quando adultos, apresentam dimorfismo sexual, podendo-se observar nos machos a presença de duas expansões pontiagudas na região do pronoto e um prolongamento longo e curvado para traz no dorso da cabeça (Baucke, 1965; Gassen e Schneider, 1992), conforme o espécime acima.

A irrigação noturna durante a época dos voos dos adultos pode atrair as fêmeas, especialmente se as áreas circunvizinhas estiverem secas. Os adultos também são atraídos para as luzes à noite, o que explica altos níveis de ataque próximos a postes de iluminações ou luminárias de jardins.

Normalmente, as larvas passam por três fases, completando seu ciclo em dois anos e são encontradas dentro de galerias do solo (10 a 20 cm).

Referências:

Alvarado, L. Dãnos de insectos de suelo en semillas de plantas cultivadas. Pergamino : INTA/EERA, 1983. 7p. (Informe Tecnico, 180).

Baucke, O. Notas taxonômicas e biológicas sobre Diloboderus abderus (Sturm, 1826) Coleoptera-Scarabaeidae-Dynastinae. Revista da Faculdade de Agronomia e Veterinária, n.7, p.113-135, 1965.

Costa, R. G. Alguns insetos e outros pequenos animais que danificam plantas cultivadas no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1958. 296p.

Duarte. V. Bicho-bolo, Coró, Besouro Rinoceronte... Agriporticus. Disponível em: <http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=111>. Acesso em: 04 mar.2019.

Duarte. V. Coró, larva escarabeiforme, praga de solo. Agriporticus. Disponível em: <http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=423>. Acesso em: 04 mar.2019.

Gassen, D. N. Insetos associados à cultura do trigo no Brasil. Passo Fundo: EMBRAPA-CNPT, 1984. 39p.

Gassen, D.N.; Schneider, S. Características morfológicas e hábitos reprodutivos de Diloboderus abderus. In: Reunião sobre pragas subterrâneas dos países do Cone Sul, 2., 1992, Sete Lagoas, MG. Anais.Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 1992. p.169.

Moreira, H. J. C.; Aragão, F. D. A. 2009. Manual de Pragas do Milho. Disponível em: <https://www.agrolink.com.br/downloads/manual%20de%20pragas%20do%20milho.pdf>. Acesso em: 04 mar.2019.

Morey, C. S.; Alzugaray, R. Biologia y comportamiento de Diloboderus abderus (Sturm) (Coleoptera:Scarabaeidae). Montevideo : Ministerio de Agricultura y Pesca/Dirección de Sanidad Vegetal, 1982. 44p. (Boletín Tecnico, 5).

Pereira, P. R. V. S.; Salvadori, J. R. Guia para identificação de corós rizófagos (Coleoptera: Scarabaeoidea: Melolonthidae) comumente encontrados em cereais de inverno, milho e soja no norte do Rio Grande do Sul. Comunicado Técnico on line 204 - ISSN 1517-4964. Embrapa Trigo, Passo Fundo, RS. 2006. Disponível em: <https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CNPT-2010/40569/1/p-co204.pdf>. Acesso em: 04 mar.2019.

Silva, A. G. d'A.; Gonçalves, C. R.; Galvão, D. M. et al. Quarto catálago dos insetos que vivem nas plantas cultivadas do Brasil; seus parasitos e predadores. Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura, 1968. V.1, pt. 2, 622p

Silva, M. T. B.; Salvadori, J. R. Coró-das-pastagens. In: Salvadori, J. R.; Ávila, C. J.; Silva, M. T. B. (Ed.). Pragas de solo no Brasil. Passo Fundo: Embrapa Trigo; Dourados: Embrapa Agropecuaria Oeste; Cruz Alta; Fundacep Fecotrigo, 2004. p. 191-210.

******

How to cite: Guimarães, G. C. Coró-das-pastagens. Agriporticus. Disponível em: http://www.agronomicabr.com.br/agriporticus/detalhe.aspx?id=831. Acesso em: 04 mar.2019. (Atualize a data de acesso.)

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br