Manchas foliares em Ligustrum japonicum
26/03/2018

Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum, Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Manchas foliares em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Mancha foliar em Ligustrum japonicum Thunb., Tampa, Flórida, EUA, março, 2018.


Ver ampliada

Close-up da lesão mostrando estruturas semelhantes a acérvulo, com exsudação que poderia ser Pestalotia. A presença de saprófitas na lesão é possível, mas não aparecem estruturas de Cercospora.


Ver ampliada

Estruturas que podem ser de Cercospora, mas não temos acesso a microscópio para ver lâminas.


Ver ampliada

Inflorescência de ligustro-do-japão em Westchase, Tampa, Flórida, EUA, março de 2018.


Ver ampliada

Inflorescência de ligustro-do-japão em Westchase, Tampa, Flórida, EUA, março de 2018.


Ver ampliada

Ligustro-do-japão em Westchase, Tampa, Flórida, EUA, março de 2018.



Manchas foliares em ligustro-do-japão em Westchase, Tampa, Flórida, EUA, março de 2018. Apesar da bibliografia citar Mancha de Cercospora, causada pelo fungo Cercospora ligustri Roum., em ligustro-do-japão (sin. alfenheiro, ligustro-japonês, wax leaf ligustrum, Japanese privet), nome científico Ligustrum japonicum Thunb., as estruturas encontradas nas folhas não coincidem.

Eng. Agr. Valmir Duarte, Professor Titular de Fitopatologia (aposentado da UFRGS), PhD Plant Health (LSU, LA, USA), valmir@agronomicabr.com.br

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br