Mancha aureolada em folhas de laranjeira de Rondônia
15/03/2018

Ver ampliada

Mancha aureolada (=areolada) em folha de laranjeira oriunda de Rondônia, fevereiro 2018.


Ver ampliada

Mancha aureolada (=areolada) em folha de laranjeira oriunda de Rondônia, fevereiro 2018.


Ver ampliada

Mancha areolada (Areolate leaf spot) em folha de laranjeira oriunda de Rondônia.


Ver ampliada

Mancha aureolada (=areolada) em folha de laranjeira oriunda de Rondônia, fevereiro 2018.


Ver ampliada

Mancha aureolada (=areolada) em folhas de laranjeira oriundas de Rondônia, fevereiro 2018.


Ver ampliada

Mancha aureolada (=areolada) em folha de laranjeira oriunda de Rondônia, fevereiro 2018.



Mancha aureolada (Areolate leaf spot), causada pelo fungo Thanatephorus cucumeris (Frank) Donk. (sin. Pellicularia filamentosa (anamorfa: Rhizoctonia solani)), em folhas de laranjeira oriundas de Rondônia (Protocolo 110504).

As manchas marrons claras induzidas pelo patógeno nas folhas crescem a cada manhã, aparecendo um novo anel, embebido em água, com largura de 1 mm, que durante o dia fica marrom e colapsa, impregnando o tecido contíguo com goma amarelada. À noite, sob condições úmidas, essa barreira de goma é rompida pelo fungo e um novo anel aparece. Os anéis de células "gomadas" não colapsam, mas formam sulcos concêntricos, castanhos-escuros, típicos da doença.

As hifas irradiam para o tecido morto e o ponto primário assim formado cresce para uma lesão 'areolada', mais corretamente 'aureolada', mas a ortografia aceita é retida para evitar confusão.

Referência: Stahel, G. 1940. Corticium aureolatum, the cause of areolate leaf spot of citrus. Phytopathology. 30(2):119-130.

Eng. Agr. Valmir Duarte, Professor Titular de Fitopatologia (aposentado da UFRGS), PhD Plant Health, valmir@agronomicabr.com.br

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br